Um Maio Amarelo diferente: Segurança no trânsito vale o ano inteiro!


A gente sabe que já é julho, e tradicionalmente maio é o mês em que se intensificam as campanhas de conscientização sobre segurança no trânsito. Entretanto, estamos vivendo em um mundo diferente, com mudanças radicais trazidas pelo novo Coronavírus, então o Maio Amarelo também ficou diferente.

Mesmo assim, as boas práticas dicas de segurança devem ser seguidas o tempo inteiro. Por isso, preparamos importantes dicas, que podem ajudar você a cuidar do seu veículo e da sua segurança nas ruas e rodovias. Tudo isso é para fazer valer a proposta do Maio Amarelo muito além da pandemia.

Você presta atenção aos sinais de seu carro?

Fazer a revisão preventiva de seus veículo é essencial, mas é importante também reconhecer os avisos que o carro dá. Por exemplo, interpretar as luzes do painel do carro pode ser extremamente útil, permitindo resolver problemas do carro de forma simples, e sem precisar ir em uma assistência.

Cores das luzes no painel, luz de pressão do óleo no motor, luz da bateria, luz da injeção eletrônica, luz de combustível e luz do freio de mão. Preste atenção em tudo!

Se você não conhece todos esses sinais, não custa nada ir atrás e se informar melhor sobre seu veículo. Pode ser de grande utilidade, e até evitar maiores perrengues na estrada.


Cuidado com a carga!

Para quem lida com transportes de carga, é importante trafegar sempre com sua carga dentro dos limites permitidos pela legislação, evitando possíveis infrações, danos às rodovias, e também riscos ao veículo durante a viagem!

Além disso, se sua empresa lida com cargas pesadas, é importante ter cuidados adicionais para evitar imprevistos: conheça bem os tipos de carga, faça o carregamento com cuidado redobrado, planeje bem a sua rota e tenha profissionais sempre qualificados, seja no manuseio das cargas, quanto na condução dos veículos.

Por fim, uma boa solução de gestão de frotas também pode ser um importante aliado para ter uma segurança ainda maior no transporte de cargas pesadas.


Carro parado também precisa de cuidados!

Neste momento de pandemia, muitos estão ficando em casa, enquanto seus carros estão na garagem. O mesmo vale para empresas que reduziram suas operações logísticas e estão com veículos ociosos em seus pátios. Entretanto, isso não quer dizer que eles não necessitem de atenção e alguns cuidados.

Você sabia que deixar o carro estacionado por muito tempo com gasolina no tanque pode ser nocivo ao veículo? Se a gasolina fica inativa por muito tempo, ela começa a formar um tipo de gosma que obstrui os filtros, entupindo os injetores e, no caso dos mais antigos, os carburadores. Se quiser deixar um pouco de gasolina no carro parado, prefira a aditivada.

Além disso, cuide como está o óleo. Parado por muito tempo em um carro, ele começa a coalhar, perdendo suas características de lubrificação. Quando for religar o veículo, troque o óleo novamente caso tenha ficado parado por mais de 3 meses e dirija devagar.

Outros detalhes também são bastante importantes: cuide da bateria (e se possível, desconecte-a, se não vai usar o carro por muito tempo) e preste atenção nos pneus (que podem esvaziar com a pressão do veículo estacionado).

Com estes cuidados, seu carro poderá ficar na garagem por mais tempo, e estará em perfeitas condições quando você quiser sair.


Frota preparada para a retomada

À medida que a economia nos estados começa a reabrir, as empresas têm o desafio de retomar suas atividades, o que também inclui cuidados importantes na gestão das frotas!

Estabeleça políticas robustas de higienização e de boas práticas para os condutores, evitando que o carro se torne um possível ponto de contágio do Coronavírus.


Rotinas frequentes de limpeza, uso de máscaras e alcool gel, ventilação dos veículos. Pense em todos estes aspectos e garanta uma maior segurança para seus motoristas no combate à pandemia!

Máscara dentro do carro: é obrigatório?

Parece que, pelo menos por agora, as máscaras viraram acessório básico para todos nós. Mas e dentro do carro, será que é necessário usá-la? Para quem tem o carro como instrumento de trabalho, a resposta é sim.

A indicação para eliminar o máximo de riscos dentro do veículo, é que o motorista utilize máscara e mantenha os vidros abertos (ar-condicionado NEM PENSAR) para ventilação do veículo. E se o carro estiver com mais de um tripulante, o uso da máscara se torna ainda mais importante para evitar transmissões do vírus.

Segundo cientistas da USP, a pessoa deve usar a máscara mesmo sozinha no carro não para se proteger apenas, mas se estiver em um período pré-sintomático, evitar que o interior do carro se infecte com partículas do vírus. Isso se torna ainda mais importante em caso de empresas que tem frotas com veículos compartilhados. Um motorista sem máscara, caso esteja com o vírus, pode deixar partículas infectadas que permanecem no carro por até 72 horas!

Então fica a dica. Estar dentro do veículo não quer dizer que você está blindado contra o Covid-19. Cuide-se!


Seja contra ameaças de vírus ou de acidentes, a tônica é a mesma. Previna-se. Tome todas as precauções devidas e saia com seu veículo sempre protegido, seguindo estas dicas.

E se sua empresa deseja contar com tecnologia para dar o apoio neste trabalho, entre em contato com a Creare. Somos especialistas em soluções de telemetria e monitoramento, com foco na redução de acidentes e prevenção da vida.