Tendências do futuro – um giro da Creare por Detroit e Shanghai – Parte 2

0 Flares Twitter 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Nos últimos meses, dois dos diretores da Creare estiveram em Detroit e Shanghai, cidades que “respiram” inovação automotiva, em dois dos maiores eventos de tecnologia para o setor. Aqui no blog da Creare, já publicamos um texto  sobre algumas das inovações que eles encontraram nestas participações.

Entretanto, aquela foi apenas a primeira parte de todas as tendências observadas. Para deixar você por dentro das novas tecnologias que poderão chegar aos carros e frotas no futuro, fizemos uma nova lista, mais quatro tendências que tornarão os automóveis ainda mais conectados e inteligentes, seja ao volante de seu carro de passeio ou para quem dirige um veículo de frota.

A lista é abrangente, e vai de passageiros virtuais a sensores inteligentes até por Edge Computing – você não sabe o que é esse último termo? Bem, continue a leitura que a gente te explica. Boa leitura!


– Edge Computing nos carros? O que é isso?

Em uma tradução rápida, edge computing significa “computação na ponta”, e ocorre quando aparelhos inteligentes são capazes de processar informações e tomar decisões sem a necessidade de enviar dados para um sistema centralizado (na nuvem, por exemplo).

Segundo apontam muitos fabricantes nas feiras internacionais de Detroit e Shanghai, cada vez mais os automóveis utilizarão o edge computing, extraindo e tratando informações em sistemas nativos, tornando os carros ainda mais inteligentes.

Isso vale tanto para o uso do condutor, através da navegação e processamento das informações do veículo (combustível, manutenção e outros) com maior eficiência, como também permitirá o avanço em áreas como redes de comunicação entre carros no trânsito e com sensores nas ruas (cidades inteligentes).

Para gestores de frotas, a computação na ponta também poderá garantir a segurança dos condutores em situações em que a conectividade dos veículos esteja menor. Com isso, elimina-se a latência na transmissão de dados para uma central, otimizando a telemetria com processamento das informações e diagnósticos em tempo real.


– Um passageiro virtual para aumentar a sua segurança

Você nunca notou que, enquanto dirige, ter um passageiro ao lado pode evitar o seu cansaço ou sonolência ao volante? Pois foi com isso em mente que uma empresa norte-americana expôs em Detroit uma tecnologia diferente: um passageiro virtual que conversa com o motorista para evitar sua fadiga.

Com um aplicativo no smartphone, a solução analisa as expressões do motorista com a câmera do aparelho e utiliza o giroscópio do telefone para notar anomalias no movimento do veículo.

Ao detectar visualmente sinais de risco, causados pelo cansaço do motorista, esta inovação utiliza alertas de voz ou áudio para prevenir situações de riscos geradas pelo cansaço. É como ter um sistema de AI fazendo o papel do carona, alertando e evitando que o motorista caia no sono.

 – Já pensou em liberar o acesso de seu carro à distância?

Com o avanço dos recursos de conectividade dos carros, hoje é possível até acessar o sistema do veículo sem estar perto dele. Tanto que, nos Estados Unidos, empresas de e-commerce já possuem tecnologias em que o comprador pode liberar o acesso dos entregadores ao veículo, para que suas compras sejam colocadas dentro do carro. Isso vale para veículos que estão estacionados na rua ou em estacionamentos públicos.

A segurança das entregas é garantida por um vídeo que mostra o momento da entrega, que é enviado em tempo real para o consumidor. Atualmente estes serviços só estão disponíveis para veículos da GM e Volvo que utilizam sistemas de conectividade.

Entretanto, segundo especialistas de mercado, esta prática deverá se popularizar rápido, à medida que mais pessoas optarão pela praticidade de fazer suas compras online e apenas ir para casa no final do dia, com os produtos já no carro.

 – Mais sensores = mais inteligência nos carros

Se você acha que hoje os veículos já contam com um número enorme de sensores e medidores para passar dados sobre o carro, acredite: este é apenas o começo.

Diversas montadoras estão apresentando inovações que prometem mudar radicalmente a forma em que você vai lidar com as informações de seu veículo, usando inovações como Internet das Coisas e Inteligência Artificial.

Quer um exemplo? Uma montadora norte-americana implementou em alguns de seus modelos um sistema em que sensores reconhecem as condições de rodagem do veículo, e ajustam questões como torque e sensibilidade da direção em questões de milissegundos, caso seja necessário.

Essa inteligência – inteligência mesmo, já que o sistema usa um sistema dedicado de IA – embutida no carro ajuda a diminuir o desgaste do veículo e também reduzir consumo de combustível.

E aí, preparado para ter estas  inovações em seu futuro veículo? É claro que nem todas elas poderão se popularizar no mercado, mas elas mostram como a conectividade está abrindo um novo mundo de possibilidade para quem fica atrás do volante ou monitorando os carros.

Esperamos que você tenha curtido estes conteúdos, tanto quanto a gente gostou de fazê-los para vocês. Continue acompanhando a Creare para saber mais sobre novidades em telemetria e setor automotivo. Estamos sempre antenados para entregar o melhor em tecnologia para você e nossos clientes. Até!

Acesse: www.crearesistemas.com.br

Creare Sistemas, há mais de 20 anos fornecendo telemetria com precisão e qualidade,

0 Flares Twitter 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×