Creare Racing

0 Flares Twitter 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Em parceria com a Quatro Rodas, Roberto Manzini Centro Pilotagem e o Laboratório Neuro-Sono da Unifesp – Universidade Federal de São Paulo, fizemos um teste exclusivo que comprovou que dirigir com sono pode ser tão perigoso quanto conduzir sob os efeitos do álcool!

Quatro voluntários percorreram um circuito lento com obstáculos em duas situações bem diferentes: no primeiro dia, após uma boa noite de sono, e no segundo dia, sem ter dormido nada na noite anterior.

A Creare foi a responsável pela instalação e monitoramento de sensores do veículo, como freios e acelerador, de modo a calcular o tempo de reação do condutor em suas arrancadas e freadas perante cada obstáculo.

Como resultado tivemos mudança na forma de condução de todos os voluntários. O tempo de reação do grupo aumentou em até 35%, e os lapsos de sono de todos os participantes foram longos e constantes. “Houveram lapsos que duraram 13 segundos, o que representaria a 100km/h, percorrer 280 metros sem atenção na estrada.” – Trecho da matéria publicada pela Revista Quatro Rodas.

Lembre-se: A chance de acidentes é elevadíssima em casos de sonolência, portanto sempre que possível identificar os primeiros sintomas do sono (bocejos e piscadas frequentes, visão dupla ou borrada, pensamentos desconexos, etc.) é necessário fazer uma pausa e dormir por pelo menos 20 minuto antes de seguir dirigindo.

Um agradecimento especial aos nossos engenheiros Sérgio Lena e Fernando Toschi, pelo empenho e dedicação em mais um projeto incrível que tivemos a oportunidade de participar.

0 Flares Twitter 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×